Make your own free website on Tripod.com
Em busca da misteriosa VERDADE... | Iniciação Misteriosa | Mistérios do Processo da Morte | Mistérios da Transição | Mistérios do Outro Lado | Mistérios do Além-Vida do Viciado | Mistérios das Vidas Passadas | Mistérios da Noite Negra | Mistérios da Vida | Mistérios de Taphitat | Mistérios do Astral | Mistérios da Sincronicidade | Mistérios do Perfeccionismo | Mistérios de Deus | Mistérios Oníricos | Mistérios dos Sonhos | Mistérios da Energização | Mistérios da Reza | Mistérios da Religião | Mistérios da Família | Mistérios da Preocupação | Mistérios dos Nossos Corpos | Mistérios do Maldoso | Mistérios do Idioma Animal | Amigos Misteriosos-1 | Amigos Misteriosos-2 | Amigos Misteriosos-3 | Amigos Misteriosos-4 | Amigos Misteriosos-5 | Amigos Misteriosos-6 | Amigos Misteriosos-7 | Amigos Misteriosos-8 | Amigos Misteriosos-9 | Amigos Misteriosos-10 | Amigos Misteriosos-11 | Mistérios do Sobrenome Veado | Emita sua misteriosa opinião sobre esta PG MM | Misteriosa Autobiografia do Misterioso Autor | Misterioso Retorno

Home

MISTÉRIOS MARCORELIANOS
Amigos Misteriosos-5

FORÇAS DE FRAGMENTAÇÃO
Guilherme Weichert Filho
Professor e Consultor

camaraegipcia.jpg


Os primeiros anos deste novo milênio nos levam a repensar sobre o caminho da humanidade.
A luta pela globalização, a disputa de mercados, a competitividade desenfreada, a falta de sensibilidade humana para com o próximo, o desrespeito às crianças e aos idosos reflete a total desagregação e fragmentação das relações humanas nas empresas e nas famílias.
A cada momento verificamos que longe de uma convivência harmoniosa entre as nações e o devido respeito ao bem mais preciosos de cada uma - o ser humano - encontramos solidão e falta de amor até com entes mais queridos.
Os filhos estão relegados ao segundo plano - às vezes até sem intenção, pois a luta pela sobrevivência é selvagem - sozinhos, buscando interação nos jogos eletrônicos e nos animais virtuais, mostrando uma necessidade de amar e serem amados, sem um mínimo de disciplina familiar, escolar e social, frutos de um total descaso dos pais.
Os idosos que passaram uma vida dedicada ao trabalho, é bem verdade em prol de si próprios, mas que contribuíram para o progresso da nação, estão vivendo uma época de angústia onde a cada momento algo está sendo retirado da parca aposentadoria que recebem e que mal dá para eventualmente comprarem remédios, tão necessários à idade avançada.
As famílias, por outro lado, nem querem saber "dos velhos "que são jogados em asilos, sem assistência, sem carinho e sem amor e reconhecimento.
Falo em nome de uma multidão que caminha sem saber para onde ir - os idosos - e sem saber aonde chegar - as crianças.