Make your own free website on Tripod.com
Formiga e Seus Causos (1) | Formiga no Século XXII (1) | Formiga no Século XXII (2) | O polêmico sobrenome VEADO | Ensaios Marcorelianos (1) | Ensaios Marcorelianos (2) | Ensaios Marcorelianos (3) | Ensaios Marcorelianos (4) | Consulta do Astral Maior | Dicionário EASC | Biblioteca EASC | Cotidiano EASC (1) | Bacteriologia EASC | Cotidiano EASC (2) | Sonho ou Realidade? | Cotidiano EASC (3) | Cotidiano EASC (4) | Cotidiano EASC (5) | Apreciação e Contactos

Home

MISTÉRIOS MARCORELIANOS
Bacteriologia EASC

COMO A MODA AGORA É UM JOGAR BACTÉRIA NO OUTRO E VER QUEM MORRE INFECTADO PRIMEIRO, RESOLVEMOS PESQUISAR A FUNDO E DESCOBRIMOS NOVAS BACTÉRIAS.
ASSIM, CUIDADO COM ESTA NOVA SAFRA DE PRAGAS EASQUEANAS!



evandritis dentuçus capacetatis
Esta bactéria paira nos ares da cidade de Pedro Leopoldo.
Por isso, é um germe resistente ao frio. A ação desta praga microscópica é letal, pois o dito cujo ataca primeiramente no couro cabeludo, fazendo com que o contaminado fique com seus cabelos pregados à cabeça, tornando-a com um formato asqueroso de capacete. Outro mal que este bichinho terrível acarreta, é notado na dentição do infeliz. Os dentes frontais passam a crescer sem parar e as feições da pessoa passam a se assemelhar com as de um castor desfigurado. Como se não bastasse, o membro situado entre os membros inferiores terá seu diâmetro e seu tamanho implacavelmente reduzidos, cabendo na mão. Será o momento da "Mãe DÁgua" benzê-lo...

ronaldículo paspalhus queixadae
O atordoado hospedeiro desta bactéria que terá a forma
de uma rata, tornar-se-á um emérito manoteiro. Ninguém mais vai querer andar perto dele ou dela, com medo dos vexames que poderá vivenciar se for contagiado. E o pior: o triste e
acabrunhado doente, terá sua face horrivelmente deformada, em forma triangular e apresentando contornos frankenstenianos. As crianças fugirão deste espécime grotesco!

magnusite evangelicus cuspidouris
Será necessário isolar o portador desta bactéria, pois
sua língua será a primeira a ser atacada e a necessidade de pregar assuntos da Bíblia será uma constante no doente obsediado por tal praga. Cuspes lançados descontroladamente ao léu passarão a atacar o desavisado interlocutor que deparar com a praga. Portanto, quando da pragação, digo, pregação desenfreada e inconsistente, haverá a necessidade do infeliz ouvinte, carregar um guarda-perdigotos, pois correrá o risco de morrer afogado pela baba em forma de gotículas que o contagiado expelirá inapelavelmente. Pelo que se sabe, esta praga já empesteou o velho Egito em encarnações pretéritas!

EM FUTURO BREVE, DIVULGAREMOS UMA NOVA LEVA DESTA LISTAGEM SEM FIM DE SERES MINÚSCULOS QUE ORA ESTÃO NO NOSSO MEIO (NO "NOSSO" NÃO, NO "SEU", HEHEHE)